March 27, 2020 / 11:29 AM / 4 months ago

Confiança da indústria no Brasil tem maior queda em 5 anos em março, diz FGV

Fábrica de alumínio em Pindamonhangaba, SP 19/06/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

(Reuters) - O Índice de Confiança da Indústria (ICI) do Brasil registrou a maior queda desde 2015 no mês de março, em sinal dos primeiros efeitos da pandemia de coronavírus sobre a manufatura brasileira, informou a Fundação Getulio Vargas (FVG) nesta sexta-feira.

O índice recuou 3,9 pontos em março, para 97,5 pontos, ante 101,4 no mês anterior. A queda é a mais acentuada desde março de 2015, quando o ICI perdeu 6,6 pontos.

“O resultado do mês mostra os primeiros efeitos da pandemia de coronavírus sobre a confiança da indústria. O nível de utilização da capacidade instalada e a percepção dos empresários sobre a demanda e a situação dos negócios sugerem que a produção industrial pode já ter sido impactada”, explicou a economista do FGV-IBRE, Renata de Mello Franco, em nota.

“Além disso, a forte deterioração das expectativas, principalmente de bens de consumo duráveis, chama atenção para o cenário de incerteza que desponta para os próximos meses”, completou.

De acordo com a FGV, em março o Índice de Expectativas (IE) caiu 5,6 pontos, para 96,2 pontos, enquanto o Índice de Situação Atual perdeu 2,1 pontos, para 98,8 pontos.

O nível de utilização da capacidade instalada recuou 0,9 ponto percentual no mês, para 75,3%.

Por Luana Benedito

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below