March 27, 2020 / 10:54 PM / 2 months ago

Paraná vê aumento de 5% no plantio de trigo em 2020 e potencial salto na safra

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de trigo no Paraná, maior produtor brasileiro do cereal, deve crescer 5% ante 2019, para 1,08 milhão de hectares, estimou nesta sexta-feira o Departamento de Economia Rural (Deral), do governo do Estado, em sua primeira previsão para a safra de inverno.

05/05/2018. REUTERS/Carlos Barria

Com isso, a produção de trigo do Paraná tem potencial para avançar 63% em 2020, para cerca de 3,5 milhões de toneladas, se o tempo colaborar com a recuperação de produtividades, após problemas climáticos em 2019, segundo avaliação do Deral.

O principal motivo que deverá levar produtores a ampliarem a área este ano é o preço, que atingiu o maior valor nominal da história no Estado na média de março, a 54 reais por saca, muito em função da valorização do dólar, disse o coordenador de Estatística do Deral, Carlos Hugo Godinho, à Reuters.

Ele disse ainda que “trigo local já está ficando escasso”, e apesar do bom preço ainda tem um desconto ante o cereal importado pelo Brasil, um dos maiores importadores globais do cereal.

Godinho ponderou, contudo, que o aumento de área também tem limites, uma vez que o milho segunda safra atraiu produtores, diante de bons preços.

“Estamos vendo o milho com um preço excelente também, o que dificulta uma expansão mais significativa do trigo”, afirmou.

Se a expectativa de produção se confirmar, o Paraná poderia ter uma safra próxima de recorde, mas o especialista do Deral avalia a previsão com cautela, uma vez que a produção dependerá das condições climáticas, e a safra do Estado tem sido atingida por problemas climáticos nos últimos anos.

Já a safra de soja do Paraná 2019/20 foi estimada pelo Deral em recorde de 20,7 milhões de toneladas, ante 20,36 milhões de toneladas na previsão de fevereiro.

A segunda safra de milho, por sua vez, foi prevista em 12 milhões de toneladas, 400 mil a menos que o previsto em fevereiro, com ajustes em meio ao tempo mais seco.

“Choveu recentemente e aliviou um pouco a situação... mas com certeza precisaremos de mais chuvas em breve”, disse.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below