March 30, 2020 / 5:03 PM / 2 months ago

Ministros do Comércio do G20 se reúnem por vídeo para combater impacto do coronavírus

RIADE/TÓQUIO (Reuters) - Ministros do Comércio do Grupo das 20 principais economias convocaram uma videoconferência extraordinária nesta segunda-feira para enfrentar o golpe da pandemia de coronavírus sobre o comércio global e avaliar como superar interrupções nas cadeias de suprimentos.

Pessoas passam por telão com bandeiras de países participantes de cúpula do G20 em Seul, Coreia do Sul 09/11/2010 REUTERS/Jo Yong-Hak

Os líderes do G20 se comprometeram na semana passada a injetar mais de 5 trilhões de dólares na economia global para limitar as perdas de emprego e renda causadas pelo coronavírus.

Eles disseram que garantirão o fluxo de suprimentos médicos vitais e outros bens e resolverão as interrupções na cadeia de suprimentos causadas pelo fechamento de fronteiras pelos governos nacionais, ansiosos por limitar a transmissão do vírus.

Mas eles não chegaram a pedir o fim das proibições de exportação que muitos países, incluindo França, Alemanha e Índia, adotaram para medicamentos e suprimentos médicos. A falta de equipamentos de proteção está colocando em risco médicos e enfermeiros.

Muitos países dependem da China, a fonte original do surto, para ingredientes de medicamentos, e agora estão lutando para evitar a escassez após medidas de bloqueio causadas pela epidemia atrasarem os suprimentos e as remessas.

As cadeias de suprimentos estão andando para trás à medida que a capacidade de frete aéreo diminui e as empresas têm dificuldades para encontrar motoristas de caminhão e equipes de transporte suficientes. A Europa e os Estados Unidos estão com falta de dezenas de milhares de contêineres. Os carregadores estão lutando contra a falta de tripulação e quarentena nos portos. A agricultura também enfrenta perturbações.

Era esperada uma declaração após a reunião ministerial, para a qual também foram convidados representantes da Organização Mundial da Saúde, Organização Mundial do Comércio e Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

O ministro do Comércio do Japão disse a colegas de outros países que os setores público e privado devem tentar evitar o fechamento das redes de suprimentos para permitir a retomada antecipada das atividades econômicas.

“É extremamente importante suprir as necessidades médicas e diárias internacionalmente para superar a crise e restaurar as atividades econômicas quando o surto de coronavírus chegar ao fim”, disse Hiroshi Kajiyama em comunicado.

Yousef Al-Benyan, chairman do Saudi Business 20, que envolve a comunidade empresarial global, disse à Reuters que a crise dos coronavírus provou a importância do comércio transfronteiriço, que segundo ele será vital para a recuperação econômica.

Cada estado do G20 deve “atender às exigências locais, mas isso não deve comprometer o bom estado do livre comércio global, que beneficiará a todos”, acrescentou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below