March 30, 2020 / 6:17 PM / 2 months ago

UE pode dar mais ajuda a bancos em meio à pandemia

LONDRES (Reuters) - A União Europeia quer conceder o máximo de alívio operacional possível aos bancos para lidar com perdas em empréstimos durante a pandemia de coronavírus e pode considerar medidas adicionais, disse uma autoridade da Comissão Europeia nesta segunda-feira.

Os reguladores da UE ofereceram mais flexibilidade na aplicação de uma regra contábil para perdas com empréstimos, conhecida como IFRS 9, mas os Estados Unidos foram além e ofereceram aos bancos uma isenção de dois anos em relação à regra equivalente.

“Continuamos monitorando a situação e reforçando a flexibilidade existente, a fim de considerar os próximos passos”, disse uma autoridade da Comissão.

“Nosso objetivo é fornecer o máximo de alívio operacional possível aos bancos, dentro da estrutura existente. O IFRS9 e a definição de ‘inadimplência’ sob a estrutura prudencial já proporcionam um alto grau de flexibilidade”.

“Não é necessário dizer que a Comissão está participando de discussões em nível internacional, pois é importante coordenar nossas ações com nossos parceiros internacionais”, disse a autoridade.

Funcionários do setor bancário disseram que, embora os reguladores da UE tenham expressado apoio aos bancos para interpretar a regra contábil de maneira flexível durante a pandemia, essa orientação permanece no nível conceitual.

“A mensagem de apoio das autoridades norte-americanas tem sido mais expressiva e definitivamente mais forte”, disse um funcionário do setor bancário.

Por Huw Jones

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below