March 30, 2020 / 6:22 PM / 4 months ago

Raízen declara força maior em contratos de compra de etanol, dizem fontes

Carro é abastecido com etanol em posto do Rio de Janeiro 30/04/2008 REUTERS/Sergio Moraes

NOVA YORK/SÃO PAULO (Reuters) - A Raízen, uma das maiores distribuidoras de combustíveis do Brasil, declarou força maior em contratos de compra de etanol de usinas locais, disseram nesta segunda-feira duas fontes familiarizadas com o assunto.

A empresa, joint-venture 50-50 entre Cosan e Shell, enviou uma carta a todos seus fornecedores de etanol na última sexta-feira afirmando que não vai cumprir contratos para compra de etanol devido à queda no consumo de combustíveis no Brasil, causada pelo isolamento relacionado à pandemia de coronavírus, afirmaram as fontes.

Reportagem de Marcelo Teixeira e Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below