April 2, 2020 / 2:26 PM / in 2 months

Déficit comercial dos EUA se aproxima de mínima de 3 anos e meio com queda de importações chinesas

Contêineres no porto de Los Angeles, EUA 30/01/2019 REUTERS/Mike Blake

WASHINGTON (Reuters) - O déficit comercial dos Estados Unidos recuou para perto da mínima de 3 anos e meio em fevereiro, com a queda das importações da China para seu menor nível desde 2009 devido à pandemia de coronavírus.

O Departamento de Comércio dos EUA informou nesta quinta-feira que o déficit comercial caiu 12,2%, para 39,9 bilhões de dólares, uma mínima desde setembro de 2016. O declínio percentual foi o maior desde março de 2018.

Os dados de janeiro foram revisados levemente para mostrar que o déficit comercial se estreitou para 45,5 bilhões de dólares, em vez de 45,3 bilhões de dólares como publicado anteriormente. Economistas consultados pela Reuters previam que o déficit comercial diminuiria para 40,0 bilhões de dólares em fevereiro.

Quando ajustado pela inflação, o déficit comercial de mercadorias caiu 9,0 bilhões de dólares, para 69,0 bilhões de dólares em fevereiro. Esse foi o menor nível desde fevereiro de 2015. Embora o déficit comercial real menor seja positivo no cálculo do Produto Interno Bruto, a queda nas importações significa menos acúmulo de estoques, o que pode reduzir a contribuição para o PIB.

Reportagem de Lucia Mutikani

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below