April 3, 2020 / 11:36 AM / 2 months ago

Japão lançará enorme pacote de estímulos na próxima semana à medida que danos da pandemia se aprofundam

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse nesta sexta-feira que um pacote de estímulo para combater a pandemia de coronavírus será lançado na próxima semana e terá como alvo pequenas empresas e famílias mais afetadas pelas políticas de distanciamento social, que prejudicam o consumo.

Shinzo Abe, primeiro-ministro do Japão, em conferência de imprensa em Tóquio 28/03/2020 REUTERS/Issei Kato

O pacote incluirá gastos com suprimentos médicos, bem como pagamentos em dinheiro para pequenas empresas e famílias que enfrentaram quedas acentuadas de renda, disse Abe.

O governo também pedirá às instituições financeiras privadas que se juntem a credores afiliados ao governo para oferecer empréstimos com taxa de juros zero a pequenas e médias empresas sem dinheiro, disse ele.

“Vamos compilar o pacote na próxima semana”, disse Abe ao Parlamento.

“Entregaremos em um curto período de tempo um pacote direcionado e arrojado” que ajudará a economia a obter uma recuperação em forma de V, disse ele.

Um alto funcionário do partido no poder disse a repórteres nesta sexta-feira que concordou com Abe em oferecer 300 mil ienes (2.800 dólares) em pagamentos em dinheiro por família que sofreu um certo grau de perda de renda devido à pandemia.

O governo deve aprovar um Orçamento suplementar na terça-feira para financiar o pacote.

Interrupções na cadeia de suprimentos, proibições de viagens e políticas de distanciamento social desencadeadas pela pandemia atingiram a economia do Japão, que já estava à beira da recessão.

O ministro da Economia do país, Yasutoshi Nishimura, disse que as medidas de estímulo do governo serão entregues em duas etapas.

O primeiro pacote se concentrará em medidas imediatas para aliviar os apertos de financiamento corporativo e proteger os empregos. O segundo lote se concentrará no aumento da demanda, principalmente para indústrias atualmente afetadas por políticas de distanciamento social, como turismo e organizadores de eventos, disse ele em entrevista coletiva.

Abe prometeu estabelecer um enorme plano de estímulo para combater o vírus que excederá o pacote de 57 trilhões de ienes (525 bilhões de dólares) compilado após o colapso do Lehman Brothers em 2008.

Fontes disseram que o Japão financiará o pacote aumentando a emissão de títulos do governo em 149 bilhões de dólares, elevando o que já é o maior fardo da dívida do mundo industrial, com mais do dobro do tamanho da economia japonesa de 5 trilhões de dólares.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below