April 6, 2020 / 10:34 AM / 2 months ago

Presidente do México apresenta plano econômico moderado contra coronavirus

Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador 17/03/2020 REUTERS/Henry Romero

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O presidente do México apresentou no domingo um plano para impulsionar a economia em meio à crise do coronavírus, prometendo ajudar os pobres e criar empregos, mas sua promessa de disciplina fiscal provocou críticas de que as medidas ficaram aquém do que era necessário.

O presidente Andrés Manuel López Obrador prometeu que o México vai criar 2 milhões de novos empregos nos próximos nove meses e ampliar os empréstimos a famílias e pequenas empresas. Ele também prometeu apertar a austeridade do setor público para evitar dívida.

Governos em todo o mundo fizeram promessas de gastos sem precedentes para minimizar o dano a suas economias do coronavírus, incluindo um pacote de 2 trilhões de dólares dos Estados Unidos.

Mas o líder esquerdista do México, buscando medidas para “os mais vulneráveis”, disse que usará um fundo de estabilização do Orçamento e dinheiro de fundos públicos para financiar planos de proteger os pobres.

“Essa crise é temporária, transitória”, disse López Obrador em discurso televisionado. “A normalidde voltará em breve. Vamos derrotar o coronavírus, vamos reativar a economia.”

O presidente disse ainda que na próxima semana anunciará um esperado programa de investimento público e privado para o estratégico setor energético no valor equivalente de 14 milhões de dólares.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below