April 17, 2020 / 9:41 PM / a month ago

Secretário diz ter convicção de que Senado evitará que MP do emprego Verde e Amarelo caduque

Visão geral do plenário do Senado Federal. 22/10/2019. REUTERS/Adriano Machado.

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário Especial de Previdência e Trabalho do ministério da Economia, Bruno Bianco, fez um apelo nesta sexta-feira para que o Senado aprove a Medida Provisória do Contrato Verde e Amarelo, que precisa ter a sua tramitação concluída até segunda-feira, 20, para não perder a validade.

“Eu tenho convicção de que, assim como a Câmara se esforçou muito, ficou até tarde da noite para votar a MP 905, tenho convicção de que o senado também o fará”, afirmou Bianco em coletiva de imprensa sobre um balanço das medidas anunciadas pela pasta no enfrentamento à pandemia.

De acordo com o secretário, a aprovação da MP será uma “feliz coincidência” na atual conjuntura de crise do coronavírus, defendendo-a como medida importante para o momento de retomada da atividade econômica, quando houver o estabelecimento normal da circulação de pessoas.

Nesta sexta-feira, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), retirou a MP do calendário de votação para o dia de hoje, após manifestação da maioria dos líderes, e não deu garantia de que o texto será votado na semana que vem.

Defendida pela equipe econômica, a MP do Contrato Verde e Amarelo estabelece um regime especial para contratação de jovens de 18 a 29 anos e de pessoas com mais de 55 anos.

Por Gabriel Ponte; Edição de Isabel Versiani

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below