for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Trump considera interromper importação de petróleo saudita; minimiza colapso de preços

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante briefing na Casa Branca 20/04/2020 REUTERS/Jonathan Ernst

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, descreveu a queda histórica nos preços do petróleo nesta segunda-feira como algo de curta duração e decorrente de um “aperto financeiro”, acrescentando que o governo consideraria interromper embarques de petróleo da Arábia Saudita para alvancar o mercado.

Falando em entrevisya coletiva diária, Trump afirmou também que seu governo planeja preencher as reservas de emergência de petróleo do país em meio ao forte recuo nos preços da commodity.

O Departamento de Energia dos EUA está no processo de locação de parte do espaço disponível de 77 milhões de barris nas reservas para petroleiras norte-americanas, visando ajudá-las a lidar com a escassez de espaços de armazenamento à medida que a pandemia de coronavírus destrói a demanda por energia.

O contrato de primeiro mês do petróleo nos EUA colapsou para nível negativo nesta segunda-feira pela primeira vez na história, diante do excesso de oferta relacionado aos “lockdowns” forçados pelo coronavírus. O vencimento terminou o dia cotado a -37,63 dólares por barril.

Reportagem de Jeff Mason

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up