April 29, 2020 / 11:21 PM / a month ago

Petrobras prevê economia de R$6,2 bi em 10 anos com mudança em assistência à saúde

20/02/2018. REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Administração da Petrobras aprovou um novo modelo de gestão para a Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS) aos funcionários, afirmou nesta quarta-feira a empresa em fato relevante, acrescentando que buscará economia de pelo menos 6,2 bilhões de reais em dez anos (a valor presente).

Com a decisão do conselho, a companhia disse que vai estruturar o plano de implantação e transição pelos próximos meses para uma nova aprovação interna e reforçou “o seu compromisso com a transparência e o respeito a todos os seus empregados”.

A alteração do modelo de assistência à saúde visa dar maior segurança empresarial com tecnologia, governança e compliance, por meio de uma gestão profissional e com expertise em saúde suplementar, possibilitando a melhoria da qualidade dos serviços e do atendimento aos beneficiários, acrescentou a estatal.

Disse ainda que a alteração tem o objetivo de dar mais transparência na administração do sistema, eficiência de custos e segregação de riscos.

A empresa ressaltou que não haverá alteração do benefício ou da sua abrangência com a transferência para o novo modelo de gestão.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below