May 4, 2020 / 9:24 PM / in a month

Wall St interrompe perdas de dois dias com gigantes da tecnologia dando suporte

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos encerraram em alta nesta segunda-feira, com os ganhos de grandes empresas de tecnologia e Internet e a valorização dos preços do petróleo superando preocupações provocadas pelas novas tensões entre os EUA e a China e o sentimento de pessimismo em razão da reunião anual da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett.

Bolsa de valores de Nova York, EUA 26/04/2020 REUTERS/Jeenah Moon

Os principais índices dos EUA abriram em baixa, mas subiram ao longo da tarde para interromper as perdas de dois dias.

As ações têm se recuperado acentuadamente desde o fim de março, quando houve forte movimento de venda causada pelo coronavírus, auxiliadas por um grande estímulo monetário e fiscal. Os investidores agora estão focados no impacto do afrouxamento em vários Estados das restrições projetadas para interromper o surto, a fim de auxiliar suas economias.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, esboçou nesta segunda-feira uma reabertura, em fases, da atividade comercial no Estado mais atingido pela pandemia do Covid-19.

“Você pode afrouxar as restrições e começar a entrar na fase de atividade econômica e ainda manter o número de casos baixo? É nisso que o mercado está focado no momento”, disse Quincy Krosby, estrategista-chefe de mercado da Prudential Financial em Newark, Nova Jersey.

O Dow Jones .DJI subiu 0,11%, para 23.749,76 pontos, o S&P 500 ganhou 0,42%, para 2.842,74 pontos, e o Nasdaq valorizou 1,23%, para 8.710,72 pontos.

Os ganhos da Microsoft, Apple e Amazon foram os maiores impulsos para o S&P 500, após reação mista na semana passada aos balanços de grandes nomes da tecnologia.

O setor energético foi o segmento do S&P 500 com melhor desempenho, com alta de 3,7% em meio à valorização dos preços do petróleo.

As ações da Delta Air Lines Inc, da American Airlines Group Inc, da Southwest Airlines Co e da United Airlines Holdings Inc recuaram entre 5% e 8% e estavam entre as maiores perdas para o S&P 500 após uma ação da Berkshire Hathaway de venda de participações nas principais companhias aéreas dos EUA.

As ações da Berkshire recuaram 2,6% e pesaram sobre o S&P 500 depois que o conglomerado registrou uma perda líquida trimestral recorde, de quase 50 bilhões de dólares.

Buffett, cujos comentários são observados de perto pelos investidores, reconheceu na reunião anual da Berkshire, no sábado, que a pandemia global pode prejudicar significativamente a economia e seus investimentos.

Um novo aumento das tensões entre os EUA e a China representa outro desafio para o mercado. O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, afirmou no domingo que “há uma quantidade significativa de evidências” de que o novo coronavírus surgiu em um laboratório chinês. Um editorial do Global Times, da China, afirmou que Pompeo estava “blefando”.

Reportagem adicional de Shreyashi Sanyal e Medha Singh em Bangalore

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below