May 5, 2020 / 10:41 PM / 22 days ago

Membros do Fed veem recuperação lenta e desigual nos EUA após golpe do coronavírus

(Reuters) - A economia dos Estados Unidos pode começar a se recuperar no segundo semestre deste ano, após o que está se desenhando como a pior recessão em décadas, mas o crescimento provavelmente será lento e desigual, indicaram vários importantes formuladores de política monetária do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) nesta terça-feira.

Fachada principal do prédio do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) é vista em Washington, Estados Unidos. 01/05/2020. REUTERS/Kevin Lamarque.

As avaliações não exatamente otimistas foram feitas à medida que a maioria dos Estados dos EUA começou ou se moveu para reabrir suas economias, paralisadas há semanas para retardar a propagação do coronavírus.

“Estamos vivendo a mais severa contração da atividade e o (mais severo) aumento do desemprego que já vimos em nossas vidas”, disse o vice-chair do Fed, Richard Clarida, durante uma entrevista à CNBC. “Infelizmente, a taxa de desemprego vai saltar para números que não vimos provavelmente desde os anos 1940.”

Economistas consultados pela Reuters estimam que no mês passado o desemprego tenha subido para 16%. Nesta terça, um grupo de pesquisadores do Fed de Chicago estimou uma taxa de desemprego “U-Cov” —que leva em conta pessoas não contabilizadas nos números oficiais, como aquelas que deixaram de buscar trabalho por causa do confinamento— em algo entre 25,1% e 34,6% em abril.

Ainda assim, Clarida disse estar esperançoso de que o Fed possa limitar danos duradouros à economia, acrescentando que está “dentro do leque de possibilidades” que a recuperação econômica comece no segundo semestre do ano uma vez que empresas reabram e pessoas retornem ao trabalho.

“Existem muitas possibilidades diferentes”, disse o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Atlanta, Raphael Bostic, sobre o formato de qualquer recuperação, observando que, em primeiro lugar, ela depende da estabilização da taxa de infecções.

“Em muitas comunidades, a recuperação em ‘V’ será muito difícil de se alcançar”, disse Bostic, referindo-se a um cenário onde há uma rápida retomada econômica.

As infecções por coronavírus nos EUA continuam a aumentar, superando até o momento 1,1 milhão de casos, e alguns epidemiologistas estão prevendo mais de 130 mil mortos até o início de agosto.

Enquanto isso, o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, disse nesta terça-feira que a Casa Branca poderia desmontar sua força-tarefa do coronavírus até o final do mês.

“Em todo o país tem havido uma quantidade razoável de diversidade de experiências, de diversidade de vulnerabilidade e isso se traduzirá em variedade das recuperações”, disse Bostic.

REABRIR É DECISÃO “OUSADA”

O presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evans, afirmou nesta terça-feira ser “razoável” esperar um retorno do crescimento econômico nos Estados Unidos na segunda metade deste ano, mas que esse desfecho é apenas um pouco mais provável do que o de visões mais pessimistas.

Em uma teleconferência com repórteres, Evans disse que reabrir a economia enquanto a pandemia continua é uma “decisão ousada com riscos bastante altos”, acrescentando que as autoridades terão uma ideia melhor das perspectivas até o verão (no Hemisfério Norte).

Se tudo correr bem, disse ele, o desemprego —que deve subir para dois dígitos neste trimestre— pode voltar a cair para 5% até o final do próximo ano. Esse cenário “envolve muitas coisas dando certo ... é preciso compromisso e também é preciso paciência; a paciência está muito escassa”.

O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, alertou em uma outra teleconferência com repórteres que mais empresas podem falir e organizações sem fins lucrativos podem fechar se a recuperação atrasar.

“Se a fraqueza persistir no segundo semestre do ano, acho que teremos novos problemas à vista se não conseguirmos controlar a pandemia”, afirmou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below