May 6, 2020 / 7:42 PM / a month ago

Petrobras testa 6,3 mil para Covid; ANP aponta 482 casos em plataformas

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras realizou até o momento cerca de 6,3 mil testes para Covid-19 entre seus empregados, prestadores de serviços e contactantes de casos suspeitos, informou a petroleira nesta quarta-feira, enquanto os registros de casos positivos em plataformas de petróleo no Brasil avança para quase 500 trabalhadores.

Funcionário em plataforma da Petrobras no Campo de Lula, litoral do Rio de Janeiro 16/02/2011 REUTERS/Sergio Moraes

Em comunicado, a companhia não detalhou quantos dos testes realizados apresentaram resultado positivo e onde ficavam lotados os profissionais testados.

Questionada, a petroleira informou que, até o último sábado, 330 dos seus 46.416 empregados tiveram teste positivo para Covid-19.

Dados mais atualizados da agência reguladora ANP apontam registros de 482 casos positivos de Covid-19 entre profissionais que acessaram instalações marítimas de perfuração e produção de petróleo e gás natural no Brasil até terça-feira. A autarquia não detalha os casos por empresas.

Não foram registradas mortes associadas ao Covid-19 entre esses profissionais.

A Reuters publicou no final de abril que havia sete plataformas da Petrobras na Bacia de Campos com casos do novo coronavírus entre os trabalhadores, segundo levantamento da Federação Única dos Petroleiros (FUP).

Nesta quarta-feira, a empresa explicou que do total de cerca de 6,3 mil testes realizados até o momento, cerca de 4 mil foram testes do tipo rápido, que detectam anticorpos e vêm sendo usados, por exemplo, para triagem dos profissionais antes de início de atividades em áreas operacionais, principalmente em plataformas.

Outros 2,3 mil são testes do tipo RT-PCR, que identificam genomas do vírus. Esse tipo de exame vem sendo usado em colaboradores sintomáticos em atuação presencial ou em teletrabalho, contactantes (no trabalho ou domiciliares) e em outras situações específicas para confirmar ou descartar diagnósticos, disse a empresa.

A petroleira estatal passou a realizar testes rápidos para a triagem de colaboradores no momento do embarque para as plataformas em 20 de abril, conforme informou anteriormente em comunicado.

Os testes tiveram início no aeroporto de Jacarepaguá (RJ) e depois foram expandidos para os aeroportos de Vitória (ES), Macaé (RJ), Farol de São Tomé (RJ) e Cabo Frio (RJ), dentre outros locais.

Já testes do tipo RT-PCR, que detecta os genomas do vírus e são os mais confiáveis para diagnóstico de pessoas com sintomas, começaram a ser aplicados pela Petrobras anteriormente, em 30 março.

A empresa ressaltou ter adquirido mais de 20 mil kits de testes, além contar com serviços de 12 laboratórios em 15 Estados do país.

“A companhia está adquirindo uma quantidade maior de kits de testes rápidos e, de acordo com a capacidade de atendimento do mercado, ampliará a medida para outras unidades operacionais, sempre considerando critérios técnicos e a avaliação do quadro de saúde da região”, afirmou a empresa.

Por Marta Nogueira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below