May 7, 2020 / 10:33 AM / a month ago

Setor de serviços da China contrai pelo 3º mês abril e emprego tem perdas recordes, mostra PMI do Caixin

Bandeira da China 29/04/2020 REUTERS/Thomas Peter

PEQUIM (Reuters) - As empresas de serviços da China afundaram em contração em abril com as demissões atingindo um recorde e as encomendas para exportação despencando após sinais de melhora em março, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), prejudicando as esperanças de uma rápida recuperação do impacto do coronavírus.

O PMI de serviços do Caixin/Markit até chegou a subir a 44,4 em abril de 43 em março, mas permanece bem abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração e bem aquém das médias históricas.

O terceiro mês seguido de contração para o setor de serviços da China, importante gerador de empregos e que responde por 60% da economia, sugere um período ainda turbulento à frente.

“A segunda onde de choque para a economia da China devido ao encolhimento da demanda externa não deve ser subestimada no segundo trimestre”, disse Zhengsheng Zhong, diretor de análise macroeconômica do CEBM Group.

A fraca demanda levou os fornecedores de serviços a reduzirem suas folhas de pagamento pelo terceiro mês no ritmo mais rápido já registrado.

Reportagem de Yawen Chen e Ryan Woo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below