for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Wall St sobe com relatório de emprego melhor que o temido e alívio em tensões EUA-China

Fachada da bolsa de valores de Nova York, EUA 26/04/2020 REUTERS/Jeenah Moon

(Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos subiam nesta sexta-feira, após dados mostrarem que a economia norte-americana perdeu menos empregos em abril do que se temia devido à crise do coronavírus, o que se somava ao otimismo em relação ao alívio no atrito entre Washington e Pequim.

Todos os 11 setores do S&P operavam em alta, com os índices para os defensivos setores imobiliário, de serviços públicos e consumo básico registrando alguns dos maiores ganhos.

Dados oficiais dos EUA mostraram que o país perdeu 20,5 milhões de empregos fora do setor agrícola em abril --pior número desde a Grande Depressão--, mas o dado ainda veio melhor que a perda de 22 milhões prevista por economistas consultados pela Reuters.

“Havia rumores de que o número poderia ser muito pior”, disse Darrell Cronk, diretor de investimentos da Wells Fargo Wealth & Investment Management. “O fato de eles não terem vindo ainda mais altos é um alívio.”

Agora, os principais índices de Wall Street estão a caminho de seu primeiro aumento semanal em três, com o Nasdaq recuperando todas as suas perdas de 2020, à medida que investidores depositam suas esperanças no retorno das cadeias de suprimentos e no renascimento dos gastos dos consumidores depois que vários Estados norte-americanos reabriram suas economias.

Às 12:03 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 1,3%, a 24.186 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 1,060673%, a 2.912 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 1,04%, a 9.073 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up