for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Índices acionários europeus terminam em alta com apoio de setor defensivo

(Reuters) - Os índices acionários europeus fecharam em leve alta nesta terça-feira, com o setor de telecomunicações subindo depois que a britânica Vodafone manteve seu dividendo, enquanto as ações defensivas foram amplamente favorecidas conforme os investidores avaliavam os riscos de muitos países que começaram a suspender as restrições.

Bolsa de valores de Frankfurt, Alemanha 04/05/2020 REUTERS/Staff

O FTSE 100, do Reino Unido, superou o desempenho de seus pares da Europa continental, subindo 0,9% com a ajuda de uma libra mais fraca e de balanços corporativos favoráveis. O índice da zona do euro avançou apenas 0,1%.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,32%, a 1.332 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,26%, a 341 pontos, com os ganhos liderados pelos setores de telecomunicações, saúde e serviços públicos, que os investidores geralmente buscam em períodos de incerteza econômica.

A segunda maior operadora de telefonia móvel do mundo, a Vodafone saltou 8,7% depois de reter seus dividendos, contrariando a tendência corporativa de cortar ou desfazer os pagamentos devido à crise do coronavírus, e atendeu às expectativas para os principais lucros anuais.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,93%, a 5.994 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,05%, a 10.819 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,40%, a 4.472 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,02%, a 17.559 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,36%, a 6.762 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,37%, a 4.152 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up