May 12, 2020 / 7:11 PM / 16 days ago

Conab vê importação recorde de trigo pelo Brasil em 2020

Funcionário de panificadora de São Paulo (SP) utiliza farinha de trigo 26/08/2013 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - A importação de trigo pelo Brasil em 2020 deve atingir recorde de 7,3 milhões de toneladas, em meio a uma revisão de dados de moagem do cereal no país realizada pela associação dos moinhos (Abitrigo), que apontou uma oferta mais apertada e maior necessidade de compras externas, disse nesta terça-feira à Reuters um gerente da estatal Conab.

A revisão dos números de moagem pela Associação Brasileira da Indústria do Trigo foi repassada à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que assim alterou seus dados no balanço de oferta e demanda divulgado nesta terça-feira.

Segundo o gerente de produtos agropecuários da Conab, Thomé Guth, com a revisão, a estatal também alterou o dado de importação de trigo pelo Brasil em 2019, para 7,2 milhões de toneladas, ante 7 milhões de toneladas da projeção de abril.

Até o mês passado, a Conab estimava importações neste ano em 7,2 milhões de toneladas, mais próximos de volumes vistos pela última vez em 2006.

Com as revisões, que remontam dados desde 2018, o consumo de trigo do Brasil em 2020 foi estimado em recorde de 12,513 milhões de toneladas.

Para 2018, por exemplo, a Conab agora estima consumo de trigo pelos moinhos do Brasil em 12,175 milhões de toneladas, versus 10,7 milhões de toneladas anteriormente (excluindo trigo para sementes).

Procurada, a Abitrigo confirmou as revisões realizadas e encaminhadas à Conab.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below