for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ibovespa fecha quase estável com alta de exportadoras abafada por Petrobras e NY

Operadores durante sessão da bolsa de valores de São Paulo 29/10/2018 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou praticamente estável nesta quarta-feira, após sessão sem tendência definida, com ações da Petrobras entre as maiores pressões de baixa, amortecendo o avanço de papéis de exportadoras diante de nova máxima do dólar a 5,90 reais.

O viés negativo em Wall Street pesou nas operações brasileiras, na esteira de perspectivas sombrias do Federal Reserve para a economia norte-americana, assim como a manutenção de ruídos no cenário político doméstico.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa encerrou com variação positiva de 0,06%, a 77.916,78 pontos, após oscilar da mínima de 77.151,98 pontos à máxima de 78.911,28 pontos, de acordo com dados preliminares.

O volume financeiro na bolsa nesta quarta-feira alcançava 23,3 bilhões de reais, em sessão também marcada pelo vencimento de opções sobre o Ibovespa.

Por Paula Arend Laier

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up