May 14, 2020 / 7:31 PM / 17 days ago

Comercialização de soja do Brasil bate recorde para as safras 19/20 e 20/21, diz Datagro

(Reuters) - A comercialização da safra brasileira de soja 2019/20 alcançou 80,6% da produção esperada até o dia 8 de maio, estimou a consultoria Datagro nesta quinta-feira, aumento de 9,1 pontos percentuais ante a projeção divulgada em abril e um recorde para o período.

Colheita de milho em Xanxerê (SC) 25/02/2008 REUTERS/Inae Riveras

Impulsionado pelo efeito do câmbio sobre os preços, o percentual superou o nível de 67,7% registrado em 2016 e também ficou acima da média histórica de 60,1%, de acordo com o levantamento. O volume de vendas da temporada somou 97,72 milhões de toneladas.

Já a comercialização antecipada da safra 2020/21 de soja atingiu 28,2% da produção esperada, também mostra um recorde para o período, ao superar a marca de 12% obtida em 2016 e está acima da média de cinco anos de 6,7%.

Na variação mensal, o avanço das vendas da oleaginosa da próxima safra foi de 8,3 pontos percentuais, disse a consultoria.

“Considerando o exercício estatístico com projeção de produção da safra nova em 128,90 milhões de toneladas, teríamos 36,39 milhões de toneladas comercializadas antecipadamente pelos produtores brasileiros”, informou a Datagro.

O coordenador da área de grãos da consultoria, Flávio Roberto de França Junior, disse em nota que o esperado comportamento positivo dos preços foi confirmado, e novamente com sobras, com novos recordes alcançados.

“E a forte melhora das cotações, gerada especialmente pela explosão da taxa de câmbio, e também com prêmios firmes, fez com que os produtores retomassem o interesse de venda. Aproveitando um momento de forte interesse comprador, notadamente com destino à exportação.”

MILHO

A comercialização do milho de verão da safra 2019/20 no centro-sul do Brasil também avançou 18,2 pontos percentuais entre abril e maio, para 66,4% da produção esperada até o dia 8 de maio, estimou a Datagro. Segundo a análise, esse fluxo de negócios fica acima da média histórica de 47%.

Para a safrinha 2019/20, as vendas alcançaram 56%, acima dos 44% registrado em igual momento do ano passado e da média de cinco anos 42%, mas atrás do recorde obtido em 2016 de 59%.

No mês anterior, o percentual compromissado pelos produtores atingia 51%, segundo números revisados pela consultoria.

Por Nayara Figueiredo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below