May 18, 2020 / 7:57 PM / 14 days ago

Exportação de açúcar do Brasil no mês já supera o total embarcado em maio de 2019

SÃO PAULO (Reuters) - A exportação de açúcares do Brasil somou 1,57 milhão de toneladas até a segunda semana deste mês (dez dias úteis), volume que já supera o total embarcado em maio de 2019, de acordo com dados publicados nesta segunda-feira pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Sacas de açúcar em unidade de processamento em Campos dos Goytacazes (RJ) 10/11/2010 REUTERS/Sergio Moraes

O aumento nas exportações de açúcar ocorre em momento em que o câmbio tem impulsionado os negócios e a fabricação do adoçante no Brasil, o maior produtor global da commodity. Na temporada passada, o setor privilegiou o etanol em detrimento do açúcar.

O Brasil aumentará a produção de açúcar em 18,5% na safra 2020/21, para 35,3 milhões de toneladas, com uma maior destinação de cana para a produção do adoçante, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento.

Além da questão cambial, produtores fixaram boa parte das exportações em meses anteriores, quando as cotações do açúcar estavam em maiores patamares.

Já as exportações de soja nas duas primeiras semanas de maio somaram 8,8 milhões de toneladas, aproximando-se das 10 milhões de toneladas vistas em maio de 2019 —o país tem embarcado volumes históricos da oleaginosa recentemente enquanto escoa uma safra recorde contando com forte demanda da China.

Os embarques de farelo de soja seguem a mesma perspectiva positiva do grão e alcançaram 1,14 milhão de toneladas nos dez primeiros dias úteis deste mês, ante 1,66 milhão de toneladas registradas no total de maio do ano passado.

A exportação de café verde do Brasil somou 1,97 milhão de sacas de 60 quilos até a segunda semana de maio. Segundo a Secex, a média diária de embarques aumentou 32% na variação anual. O avanço do dólar e a perspectiva de colheita de uma safra cheia no país impulsionam a comercialização do grão.

Na área de carnes, as vendas externas da proteína bovina alcançaram 78,7 mil toneladas no acumulado deste mês, puxadas pela ampla demanda chinesa. Em maio do ano passado, o total exportado foi de 124,3 mil toneladas.

MINÉRIO

As exportações de minério de ferro totalizaram 10 milhões de toneladas no acumulado de maio, de acordo com a Secex. A média diária dos embarques recuou 26% em relação ao mesmo mês de 2019.

Já os embarques de petróleo alcançaram 3,13 milhões de toneladas no período avaliado e a média diária de embarques aumentou 42% na variação anual, sinalizando que as exportações brasileiras continuam firmes, após um recorde registrado pela Petrobras em abril.

Por Roberto Samora e Nayara Figueiredo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below