for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Justiça nega pedido da B3 para anular de multa da Receita em ação de cerca de R$1,3 bi

Homem na frente do prédio da matriz da B3, em São Paulo. 6/3/2020. REUTERS/Rahel Patrasso

SÃO PAULO (Reuters) - A B3 informou nesta segunda-feira que teve recusada pela Justiça um pedido para anular um multa aplicada pela Receita Federal, num processo de cerca de 1,3 bilhão de reais.

O caso refere-se à amortização do ágio gerado, para fins fiscais, pela incorporação da Bovespa pela BM&F nos exercícios de 2008 e 2009.

A Receita entendeu que a empresa contabilizou os ganhos de ágio de forma incorreta e aplicou uma multa. Mais adiante, aplicou outras, referentes aos exercícios posteriores.

A decisão mencionada pela B3 foi tomada pela 6ª Vara Federal Cível do Distrito Federal.

“A B3 esclarece que recorrerá da decisão e reafirma seu entendimento de que o ágio foi constituído regularmente, em estrita conformidade com a legislação fiscal”, diz trecho do fato relevante da companhia.

Por Aluísio Alves

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up