May 22, 2020 / 5:25 PM / 14 days ago

Comitê de credores se opõe a "decisão da Argentina de entrar em default"

Fachada do edifício-sede do Ministério da Economia da Argentina, em Buenos Aires 18/06/2014 REUTERS/Enrique Marcarian

BUENOS AIRES (Reuters) - Um importante comitê de credores da Argentina disse nesta sexta-feira que se opõe à “decisão da Argentina de entrar em default” devido ao não pagamento de títulos internacionais.

O default, se não for prontamente resolvido, “impedirá o acesso ao mercado de capitais internacional necessário para a recuperação da economia argentina e, portanto, será prejudicial para o povo argentino”, afirmou o comunicado do grupo.

Mais cedo, o embaixador da Argentina nos Estados Unidos disse em uma carta que o país sul-americano adiará o pagamento de três títulos que venceriam nesta sexta-feira, enquanto as autoridades trabalham para chegar a um acordo com os detentores de títulos.

Por Cassandra Garrison

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below