for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Mansueto destaca possibilidade de déficit primário de R$700 bi para o setor público em 2020

Secretário do Tesouro, Mansueto Almeida 12/02/2020 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, reiterou nesta sexta-feira que o déficit primário do setor público neste ano pode chegar a 700 bilhões de reais, em meio ao forte aumento das despesas com medidas relacionadas ao impacto econômico da pandemia do Covid-19.

“No ano passado, todo o déficit do setor público brasileiro foi de 61 bilhões de reais. Este ano, devemos caminhar para algo mais próximo de 700 bilhões de reais, cerca de 10% do PIB”, afirmou Mansueto a empresários em videoconferência promovida pelo LIDE Pernambuco.

Ao abordar as medidas fiscais lançadas pelo governo no combate à propagação do coronavírus, Mansueto destacou que, inicialmente, os programas levaram em conta um período de distanciamento social de três a quatro meses.

“Se a situação continuar muito grave, voltamos ao Congresso, negociamos, para fazer o que for necessário”, completou.

Por Gabriel Ponte; Edição de Isabel Versiani

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up