May 26, 2020 / 11:17 AM / 2 months ago

Latam Airlines faz pedido de recuperação judicial, não inclui Brasil

Homem usando máscara de proteção caminha em frente à sede do Banco do Japão, em Tóquio 22/05/2020 REUTERS/Kim Kyung-Hoon

SÃO PAULO (Reuters) - A Latam Airlines anunciou nesta terça-feira que entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos, tornando-se o maior grupo de aviação a buscar uma reorganização de emergência como consequência dos impactos da pandemia de coronavírus.

A companhia e afiliadas no Chile, Peru, Colômbia, Equador e Estados Unidos solicitaram “proteção voluntária pelo processo de reorganização financeira previsto no Capítulo 11 da lei dos EUA”, afirmou a empresa, fundada anos atrás pela união da brasileira TAM com a chilena LAN. As operações do grupo no Brasil, Argentina e Paraguai não estão incluídas no pedido.

“Implementamos uma série de medidas difíceis para mitigar o impacto dessa disrupção sem precedentes no setor, mas, no fim das contas, esse caminho é a melhor opção para estabelecemos as bases certas para o futuro do nosso grupo de companhias aéreas”, disse o presidente-executivo da Latam, Roberto Alvo, em comunicado à imprensa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below