June 3, 2020 / 11:20 PM / in a month

Moody's muda perspectiva do rating da CSN, de estável para negativa

Entrada de usina da CSN em Volta Redonda (RJ) 16/01/2009 REUTERS/Fernando Soutello

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody’s mudou, de estável para negativa, a perspectiva do rating da CSN, argumentando que os riscos de crédito da siderúrgica seguirão elevados diante da baixa demanda por aço.

Atualmente, a agência confere nota B2 à companhia.

“A alteração da perspectiva dos ratings da CSN reflete a expectativa de que o risco de refinanciamento da empresa seguirá elevado nos próximos 12 a 18 meses apesar dos esforços recentes para rolar os vencimentos da dívida de 2020, e de que as métricas de crédito seguirão fracas como consequência da queda acentuada na demanda de aço no Brasil”, afirmou a Moody’s.

Para a instituição, a disseminação do coronavírus, a deterioração da perspectiva econômica global, a queda dos preços de petróleo e o declínio dos preços de ativos estão criando efeitos combinados sem precedentes.

“A CSN continuará dependendo de eventos de liquidez externos para poder reduzir seus níveis de endividamento e risco de refinanciamento de forma mais estrutural e significativa”, afirmou a agência.

Por Aluísio Alves

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below