June 8, 2020 / 9:03 PM / a month ago

Embarque de soja e açúcar do Brasil dispara na 1ª semana de junho

Navios formam fila para carregar no Porto de Santos (SP) 01/06/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

SÃO PAULO (Reuters) - O ritmo de embarques de soja brasileira avançou 48% na primeira semana do mês, em relação à média de junho de 2019, informou a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta segunda-feira, na esteira da ampla demanda da China pela oleaginosa.

Nos cinco primeiro dias úteis de junho, o país exportou 666,7 mil toneladas de soja por dia em média, ante 450,1 mil toneladas no mês completo do ano anterior.

Somente em maio, as importações chinesas de soja aumentaram 27,4% no comparativo anual, para 9,38 milhões de toneladas, conforme dados oficiais do país asiático, divulgados no domingo, e a expectativa do mercado é que as compras da oleaginosa continuem acima de 9 milhões de toneladas por mês até julho.

As exportações de açúcar também seguem fortes, somando 143,7 mil toneladas ao dia, ante 81 mil toneladas em junho do ano passado, com vários fatores impulsionando os embarques brasileiros, como o câmbio e a disponibilidade maior na comparação com outros países, o que tem resultado em grandes filas de navios no porto de Santos.

Na contramão, o ritmo de vendas externas de milho do Brasil recuou expressivamente em meio ao menor volume de cereal disponível para exportação no país. Na primeira semana de junho, os embarques alcançaram 7,72 mil toneladas ao dia, queda de 87,7% em relação à média diária do mesmo mês de 2019.

A tendência é que a disponibilidade de milho para exportação siga inferior à do ano passado, visto que a produção do cereal de segunda safra deve recuar 5,2% no Brasil, de acordo com levantamento divulgado pela AgRural nesta segunda-feira.

Os embarques de café verde caíram 32%, para cerca de 6 mil toneladas por média diária (101 mil sacas de 60 quilos) ante a média de junho do ano passado, conforme a Secex.

Na indústria extrativa, o petróleo registrou redução no ritmo de vendas externas, de 18,25%, para 155,7 mil toneladas por média diária na primeira semana do mês. No minério de ferro, os embarques caíram 7,44%, para 1,44 milhão de toneladas pela média diária.

No setor de carnes, as exportações de aves marcaram queda de 28,45% para 13,9 mil toneladas por média diária, enquanto os embarques da proteína bovina baixaram 9,15%, para 5,47 mil toneladas por média diária, mesmo após a demanda chinesa ter se mostrado firme para estes mercados nos últimos meses.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below