June 11, 2020 / 6:48 PM / a month ago

Produção de petróleo no Golfo dos EUA tem queda de 13% após tempestade Cristobal

HOUSTON (Reuters) - A produção de petróleo offshore na área regulada pelos Estados Unidos no Golfo do México tinha queda de 13% nesta quinta-feira, com recuo de 242,6 mil barris por dia (bpd), quatro dias após a tempestade tropical Cristobal ter chegado à costa, segundo a agência de segurança e proteção ao ambiente dos EUA (BSEE).

A produção de gás natural na costa do Golfo do México seguia com corte de 9%, ou 241 milhões de pés cúbicos por dia (cfd, na sigla em inglês), na sequência da tempestade, segundo o BSEE.

Na quarta-feira, 24% da produção de petróleo, ou 435,7 mil bpd, e 23% da de gás, ou 619 milhões de cfd, estavam paralisados, informou o BSEE.

A agência federal também disse que 3% das plataformas, ou 20 unidades, seguiam evacuadas no norte do Golfo do México.

No total, a tempestade obrigou o fechamento de 3,1 milhões de bpd em capacidade de produção de petróleo e 4,4 bilhões de cfd em produção de gás natural desde sábado, segundo o BSEE.

A tempestade Cristobal se formou em 1° de junho e se dissipou na quarta-feira, sobre o Canadá, segundo o Serviço Meteorológico Nacional dos EUA.

As águas do Golfo do México dos EUA respondem por cerca de 15% da produção de petróleo norte-americana e 5% da produção de gás natural.

Por Erwin Seba

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below