June 15, 2020 / 2:30 PM / 17 days ago

Austrália reduz projeção de exportação de carne à China em meio a piora em relações

Selo que indica carne bovina proveniente da Austrália 16/11/2015 REUTERS/Issei Kato

CANBERRA (Reuters) - A Austrália reduziu em 1,5% a projeção de exportação de carne bovina à China, sua maior compradora, na temporada 2020/21, disse o principal órgão de previsões sobre commodities do país nesta segunda-feira, em meio a um azedamento das relações entre as nações.

O Escritório Australiano de Recursos Agrícolas e Econômicos e Ciências (Abares) disse que agora espera que a China compre 227 mil toneladas de carne bovina no ano comercial que fecha em 30 de junho de 2021, ante 230 mil na estimativa de março.

Isso significaria uma redução de 30% na comparação com a safra anterior.

A menor projeção vem após a China ter suspenso em maio as exportações dos quatro principais exportadores australianos de carne bovina, citando problemas de rotulagem. Fontes do governo australiano disseram que as recentes tensões bilaterais entre os países provavelmente estão por trás da suspensão.

Problemas de rotulagem também foram citados pelo governo chinês quando as mesmas empresas e outras duas perderam as licenças para enviar carne à China por meses em 2017.

As relações entre os governos da Austrália e da China azedaram após os australianos terem pedido uma investigação independenedente sobre as origens do novo coronavírus.

Já as exportações de trigo deverão crescer para 16,5 milhões de toneladas em 2020/21.

Por Colin Packham

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below