June 15, 2020 / 5:30 PM / 23 days ago

Embraer substitui chefe da aviação comercial após fracasso do acordo com Boeing

John Slattery, chefe da unidade de aviação comercial da Embraer, durante lançamento do jato E195-E2 em São José dos Campos (SP) 07/03/2017 REUTERS/Roosevelt Cassio

(Reuters) - A Embraer disse nesta segunda-feira que o chefe de sua unidade de aviação comercial, John Slattery, deixará a empresa para se tornar presidente da GE Aviation, semanas após o fracasso do acordo de 4,2 bilhões de dólares para vender o controle da divisão para a Boeing em abril.

Slattery defendia o acordo entre a Boeing e a Embraer e estava pronto para se tornar um executivo da Boeing encarregado da parceria assim que o negócio fosse fechado.

Mas a transação, no qual a Boeing assumiria o controle da unidade de aviação comercial da Embraer, fracassou em abril, quando o coronavírus devastou o setor de viagens aéreas, deixando as duas empresas trocando acusações.

A Embraer disse que Arjan Meijer, vice-presidente de sua unidade comercial, assumirá o cargo da Slattery.

Slattery ingressou na Embraer em 2011, depois de trabalhar no setor de leasing de aeronaves, e em 2016 tornou-se chefe da unidade de aviação comercial, a mais lucrativa da Embraer.

Sob seu comando, a Embraer lançou sua linha de jatos E2, que foram elogiados por sua eficiência de combustível, mas também tiveram vendas abaixo do esperado, especialmente em relação a seu concorrente direto, o Airbus A220.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below