for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ibovespa fecha em queda com bancos, mas reação de Petrobras e disparada de Cielo reduzem perda

Vista externa da B3, a bolsa de valores de São Paulo 26/02/2020 REUTERS/Rahel Patrasso

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em queda nesta segunda-feira, pressionado pelas ações da bancos, mas distante das mínimas da sessão em meio à recuperação dos papéis da Petrobras, acompanhando a melhora dos preços do petróleo no exterior e à disparada das ações da Cielo após acordo com o Facebook.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa encerrou em baixa de 0,26%, a 92.554,04 pontos, de acordo com dados preliminares.

O volume financeiro da sessão alcançava 40,6 bilhões de reais, amplificado pelo exercício de opções sobre ações e cotas de ETFs na primeira etapa da sessão, que movimentou 11,16 bilhões de reais, dos quais 7,35 bilhões de reais em opções de venda e 3,81 bilhões de reais em opções de venda.

Por Paula Arend Laier

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up