for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ações europeias têm melhor dia em 1 mês após estímulo reanimar esperanças de recuperação

(Reuters) - O índice pan-europeu STOXX 600 registrou seu melhor dia em um mês nesta terça-feira, juntando-se a um rali global em resposta ao lançamento do programa de compra de títulos corporativos do Federal Reserve e refletindo a redução das preocupações em relação a uma segunda onda global de infecções por coronavírus.

Operador na bolsa de valores de Frankfurt, Alemanha 12/06/2020 REUTERS/Kai Pfaffenbach

O Fed vai começar a comprar títulos corporativos nesta terça-feira por meio da linha de crédito corporativo do mercado secundário, uma das várias ferramentas de emergência para reforçar a liquidez.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 2,89%, a 1.417 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 2,9%, a 363 pontos, recuperando-se de uma queda nas últimas sessões que foi alimentada por previsões sombrias sobre uma recuperação econômica ante a pandemia de Covid-19 e um ressurgimento de infecções nos Estados Unidos e Pequim.

Acalmando os temores nesta terça-feira, autoridades de saúde anunciaram 27 novos casos de coronavírus em Pequim, abaixo dos 36 registrados no dia anterior.

“Com a redução sobre os temores de uma segunda onda, os investidores estão tendo visões da economia retornando aos níveis pré-pandêmicos e comemorando o estímulo global incompreensivelmente grande que acabará por encontrar seu caminho até todos os ativos líquidos imagináveis”, disse Stephen Innes, estrategista de mercado na AxiCorp.

O estímulo monetário e fiscal histórico impulsionou parcialmente uma recuperação nos mercados acionários europeus desde uma quebra provocada pelo coronavírus em março, com o índice STOXX 600 agora apenas 16% abaixo de sua máxima recorde de fevereiro.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 2,94%, a 6.242 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 3,39%, a 12.315 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,84%, a 4.952 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 3,46%, a 19.625 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 3,25%, a 7.495 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 2,44%, a 4.432 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up