June 17, 2020 / 1:33 PM / 23 days ago

BC do Chile projeta panorama econômico mais sombrio devido a impacto de pandemia

Entrada do banco central do Chile, em Santiago 15/04/2020 REUTERS/Ivan Alvarado

SANTIAGO (Reuters) - A economia chilena deve contrair entre 5,5% e 7,5% este ano, em meio a um intenso impacto causado pela pandemia de coronavírus, revelou o banco central nesta quarta-feira.

Em relatório de política monetária, o banco disse que, devido à crise, as pressões inflacionárias foram drasticamente reduzidas e uma contração significativa é esperada no segundo trimestre.

No relatório de abril, o banco central previa uma contração entre 1,5% e 2,5% este ano.

“A economia começará a se recuperar no segundo semestre de 2020, embora ainda não atinja níveis de atividade comparáveis aos do início do ano”, afirmou o relatório.

O banco central prevê que a inflação chegará a 2,0% este ano, ante cálculo anterior de 3,0%, que estará no limite inferior da faixa de tolerância da instituição.

O preço do cobre rondará média de 2,50 dólares por libra este ano, contra 2,15 dólares projetados anteriormente, enquanto a demanda doméstica deve cair 10,4% (5,8% anteriormente), com um tombo nos investimentos de 16%.

Reportagem de Fabián Andrés Cambero

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below