June 30, 2020 / 3:26 PM / 2 days ago

Ibovespa segue melhora em Wall St e caminha para melhor desempenho trimestral desde 2003

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa passava a trabalhar no azul nesta terça-feira, acompanhando a melhora em Wall Street, caminhando para mais um mês de performance positiva e para o melhor desempenho trimestral desde 2003, embora em um ambiente ainda volátil em razão da pandemia do novo coronavírus.

Telas de computadores refletidas num vidro onde um operador de mercado financeiro trabalha. 30/6/2020. REUTERS/Akhtar Soomro

Às 12:14, o Ibovespa subia 0,33%, a 96.053,97 pontos. Na mínima, mais cedo, recuou a 94.806,47 pontos. O volume financeiro era de cerca de 9 bilhões de reais.

No exterior, as bolsas na Ásia fecharam em alta com dados melhores sobre a atividade chinesa, mas a aprovação pelo parlamento chinês da lei de segurança nacional para Hong Kong abriu espaço para receios sobre aumento da tensão EUA-China, assim como o aumento de casos de Covid-19 continua preocupando.

Wall Street, contudo, mostrava o S&P 500 em alta, com dados econômicos melhores, sendo o mais recente a confiança do consumidor dos Estados Unidos apurada pelo Conference Board, que aumentou mais do que o esperado em junho, fortalecendo a visão positiva para a retomada da atividade.

“Os mercados já estão precificando uma recuperação em forma de V”, observou Milan Cutkovic, analista de mercado na AxiCorp, ponderando que é alto o potencial de decepção se a recuperação parar e que investidores devem esperar mais volatilidade no curto prazo.

No Brasil, em uma forte recuperação após o tombo no começo do ano, quando prevaleceu a aversão a risco por causa da pandemia do Covid-19, o Ibovespa acumula alta de cerca de 30% no trimestre, em movimento que teve como principais catalisadores a ampla liquidez global e a queda dos juros no país.

DESTAQUES

- IRB BRASIL RE oscilava ao redor da estabilidade, em sessão volátil, na qual já variou de 11,77 a 13,04 reais, após reportar resultado do primeiro trimestre e republicar balanço de 2019 com forte piora devido a correções referentes a sinistros. A resseguradora ainda contratou bancos para captar recursos que vão reforçar o capital. IRB responde pela maior queda do Ibovespa em 2020.

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON recuavam 0,6% e 0,9%, respectivamente, na esteira do declínio do petróleo no mercado externo, mas afastando-se das mínimas. A companhia prorrogou teletrabalho até fim do ano e disse ver retomada gradual em algumas áreas. No radar do setor, a Royal Dutch Shell disse que fará uma baixa contábil de ativos no valor de até 22 bilhões de dólares após impactos do Covid-19.

- ITAÚ UNIBANCO PN cedia 1,1% e BRADESCO PN perdia 1,21%, freando uma melhora mais firme do Ibovespa. No setor, BTG PACTUAL UNIT recuava 1,25%, um dia após precificar a 74,40 reais por unit oferta primária com esforços restritos, movimentando 2,65 bilhões de reais, que devem ser, em parte, destinados a acelerar o crescimento da área de varejo digital.

- VALE ON tinha acréscimo de 0,6%, apesar da queda dos futuros do minério de ferro na China. Analistas do BTG Pactual afirmaram que saíram “encorajados” de conversa com executivos da mineradora e acrescentaram que consideraram bastante construtivas as mensagens da companhia em várias frentes, incluindo retomada de dividendos, que eles esperam para o terceiro trimestre de 2020.

- MAGAZINE LUIZA ON valorizava-se 2,5%, replicando a fotografia do desempenho do trimestre, que tem as ações de comércio eletrônico entre as maiores altas do Ibovespa. VIA VAREJO ON subia 2% e B2W tinha variação negativa de 0,1%. De abril a junho, Via Varejo lidera os ganhos, seguida por B2W e Magazine Luiza.

- CIA HERING ON mostrava elevação de 4,7%, mas ainda assim caminhava para uma das piores performances do Ibovespa no terceiro trimestre, com o fechamento de lojas diante da pandemia de Covid-19, menor confiança do consumidor e maior desemprego minando perspectivas de uma recuperação da varejista de vestuário. No segmento, LOJAS RENNER ON subia 2,2%.

- XP INC., que negocia em Nova York, tinha queda de 0,15%. A maior companhia independente de assessoria de investimentos da América Latina anunciou na segunda-feira uma oferta secundária de 19,5 milhões de ações e estimou que o lucro líquido do segundo trimestre pode alcançar até 520 milhões de reais, mais que o dobro do obtido um ano antes. Até o momento, o papel sobe cerca de 125% no trimestre.

Edição de José de Castro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below