July 2, 2020 / 11:29 AM / a month ago

CORREÇÃO-Desemprego na zona do euro sobe em maio e é pior para mulheres e jovens

Fila para pedidos de auxílio-desemprego em Atenas, na Grécia 24/10/2011 REUTERS/Yannis Behrakis

(Corrige no título para “pior para mulheres” e não “para homens” como estava na versão anterior)

BRUXELAS (Reuters) - O desemprego na zona do euro teve apenas leve avanço e abaixo do esperado em maio, com as paralisações devido ao coronavírus sendo gradualmente retiradas, embora o aumento tenha sido mais pronunciado entre mulheres e jovens.

A taxa de desemprego sazonalmente ajustada aumentou para 7,4% em maio de 7,3% em abril e 7,1% em março, menor nível desde que os registros começaram em 1998.

Maio representou o segundo mês seguido de alta, mas ficou abaixo da expectativa do mercado de 7,7%.

A situação foi pior para mulheres e jovens. O desemprego para pessoas até 25 anos subiu a 16,0% em maio de 15,7% em abril e 15,0% em março, mínima de 19 anos.

Para as mulheres, a taxa de desempregou chegou a 7,9% de 7,7% em abril. Para os homens, permaneceu em 7,0%.

Separadamente, a Eurostat informou que os preços ao produtor capiram 0,6% em maio sobre o mês anterior, contra expectativa de queda de 0,5%.

Reportagem de Philip Blenkinsop

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below