July 6, 2020 / 11:13 PM / a month ago

Consumo de energia no Brasil recua 4,7% em junho, diz CCEE

10/02/2015. REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O consumo de energia no Brasil recuou 4,7% no acumulado de junho até o dia 26, em comparação com igual período do ano passado, uma queda menor que a vista nos meses de consumo mais baixo devido à pandemia, informou nesta segunda-feira a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Segundo comunicado da entidade, o resultado reforça uma tendência de retomada gradativa de demanda em meio à reabertura econômica em diversos Estados e municípios do país, depois de o índice atingir retrações de 12,1% em abril e 10,9% em maio.

Nesse período, o consumo de energia elétrica no Brasil foi fortemente afetado pelas medidas restritivas impostas para contenção da pandemia de coronavírus, como o isolamento social.

Pelos dados preliminares da CCEE, em junho houve queda de 4,6% no mercado regulado, no qual clientes adquirem energia pelas distribuidoras, ante reduções de 11,5% em abril e 11,4% em maio.

Já no ambiente livre, em que grandes consumidores (como indústrias) negociam com geradores e comercializadoras, a retração atingiu 5% no mês passado, versus quedas de 13,6% em abril e 9,7% em maio.

“A redução é um pouco menor no ambiente regulado por causa do aumento do consumo da classe residencial”, disse a CCEE, uma vez que mais pessoas têm permanecido em suas casas durante a crise sanitária.

Por Gabriel Araujo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below