for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Colheita de milho 2ª safra do Brasil avança para 85,9% do total, diz Arc Mercosul

Colheita de milho da segunda safra em Sorriso (MT) 26/07/2017 REUTERS/Nacho Doce

SÃO PAULO (Reuters) - Produtores de milho do Brasil tinham colhido até esta sexta-feira 85,9% da segunda safra em 2019/20, um avanço de 6,3 pontos percentuais na comparação com a mesma data da semana passada, reduzindo a diferença ante a média histórica colhida nesta época, informou a Arc Mercosul em relatório.

Os trabalhos ainda seguem abaixo do total colhido neste período do ano passado (91,4%), quando a colheita de milho teve um ritmo dos mais fortes da história, mas encurtaram um pouco o “spread” na comparação com a média histórica (87,4%).

“Nas últimas semanas, a diferença entre a colheita 2020 e a média era maior. Agora há uma aproximação”, afirmou o diretor da Arc Mercosul, Matheus Pereira.

Ele comentou que o Mato Grosso do Sul, depois de um início de colheita bastante turbulento e atrasado pelo excesso de chuvas, teve condições mais favoráveis. O Estado já colheu cerca de 70% da safra.

No Paraná, os trabalhos avançaram para aproximadamente 80% da área, nível semelhante ao visto em Minas Gerais. Goiás e São Paulo estão mais perto do fim dos trabalhos, enquanto Mato Grosso já encerrou a colheita.

Por Roberto Samora

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up