for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Vendas pendentes de moradias nos EUA sobem pelo 3º mês seguido em julho

Casas à venda em Portland, Oregon (EUA) 20/03/2014 REUTERS/Steve Dipaola

WASHINGTON (Reuters) - Os contratos para compra de moradias usadas nos Estados Unidos aumentaram pelo terceiro mês seguido em julho, conforme o mercado imobiliário continua a ter desempenho melhor do que a economia em geral, afetada pela pandemia de Covid-19.

A Associação Nacional de Corretores informou nesta quinta-feira que seu Índice de Vendas Pendentes de Moradias, com base em contratos assinados no mês passado, aumentou 5,9%, a 122,1, no mês passado. Os contratos aumentaram em todas as quatro regiões.

Economistas consultados pela Reuters projetavam que os contratos pendentes, que se tornam vendas após um mês ou dois, avançariam 3% em julho. Sobre o mesmo período do ano anterior, as vendas pendentes aumentaram 15,5%.

O mercado imobiliário tem sido impulsionado pelas taxas de juros em mínimas recordes e pela migração para áreas residenciais de baixa densidade, conforme as empresas permitem que os funcionários trabalhem de casa.

Reportagem de Lucia Mutikani

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up