for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ações fecham em queda com impulso do Fed compensado por perdas em recursos básicos

(Reuters) - Os mercados de ações europeus fecharam em queda nesta quinta-feira com o setor de recursos básicos liderando as perdas, enquanto uma estratégia de crescimento agressiva do Federal Reserve foi recebida com pouco alarde localmente.

Pregão na bolsa de valores de Frankfurt, na Alemanha 14/03/2019 REUTERS/Ralph Orlowski

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,65%, a 1.437 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,64%, a 371 pontos.

As ações de mineração registraram as maiores perdas percentuais, uma vez que os preços das matérias-primas recuaram.

As ações locais também ficaram atrás de seus pares nos Estados Unidos, com os índices de Wall Street atingindo novas máximas após o anúncio do Fed sobre sua política monetária. As ações europeias ainda não se recuperaram totalmente das mínimas atingidas no auge da pandemia, ao contrário de Wall Street. [.NPT]

“A Europa carece das mega ações de tecnologia que impulsionam o S&P 500 e o Nasdaq. (As ações dos EUA) também sabem que o Fed está disposto a fazer o que for preciso”, disse Connor Campbell, analista da Spreadex.

O Fed anunciou nesta quinta-feira uma estratégia agressiva para restaurar o pleno emprego nos Estados Unidos e elevar a inflação de volta a níveis mais saudáveis.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,75%, a 5.999 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,71%, a 13.096 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,64%, a 5.015 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,44%, a 19.847 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,45%, a 7.090 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,44%, a 4.371 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up