for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Não é o momento de discutir mudanças na regra do teto de gastos, diz Guedes

Ministro Paulo Guedes 12/08/2020 REUTERS/Adriano Machado

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira que o país não pode discutir uma revisão na regra do teto de gastos em um momento em que a dívida está chegando a 100% do PIB.

“A questão de rever o teto, toda essa questão de conversar sobre isso, não pode ser quando a dívida está chegando a 100% do PIB, com uma gastança generalizada por razões concretas de saúde, razões meramente sanitárias”, afirmou Guedes em audiência virtual em comissão do Congresso. “A verdade é que não é hora de você tirar a última âncora fiscal que existe.”

Respondendo a pergunta de um parlamentar, Guedes afirmou que a proposta de adotar um teto apenas para despesas correntes seria interessante se o país estivesse em outro estágio do controle orçamentário.

“Depois de recuperado o controle do Orçamento, aí podemos falar sobre o teto”, afirmou o ministro. Ele acrescentou que, na conjuntura atual, se o governo eliminar a regra do teto, “toca fogo no país”.

Por Isabel Versiani

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up