for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Oi aprova ajuste em plano de recuperação e abre caminho para venda de ativos

SÃO PAULO (Reuters) - Credores da operadora de telecomunicações Oi OIBR3.SAOIBR4.SA aprovaram na noite de terça-feira alterações em seu plano de recuperação judicial, que permitirão a venda de alguns de seus ativos, conforme comunicado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os recursos com a venda de unidades da Oi, incluindo seu negócio de telefonia móvel, operações de data center e outras infraestruturas de telecomunicações, serão usados para reembolsar os credores e fazer investimentos na empresa, de acordo com a companhia.

TIM Participações TIMP3.SA, Telefônica Brasil VIVT4.SA e Claro, da América Móvil AMXL.MX, estão em negociações com a Oi para adquirir seu negócio de telefonia móvel. Eles fizeram uma oferta conjunta de 16,5 bilhões de reais pela unidade e pelos ativos a ela associados. [nL1N2G50D5]

Na reunião de credores realizada na terça-feira para discutir alterações no plano de recuperação da Oi, a empresa propôs que a oferta do consórcio formado pelas três companhias recebesse o status de “stalking horse”.

Isso significava que, se aprovado pelos credores, o plano de reorganização alterado daria aos licitantes o direito de superar quaisquer outras propostas durante o processo competitivo para os ativos visados.

Reportagem de Ana Mano

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up