for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Exportação de café verde do Brasil cai 2,2% em agosto, diz Cecafé

Grãos de café. REUTERS/Edgard Garrido

SÃO PAULO (Reuters) - A exportação brasileira de café verde em agosto atingiu 2,97 milhões de sacas de 60 kg, queda de 2,2% ante o mesmo mês de 2019, informou nesta sexta-feira o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

Os embarques de grãos do tipo arábica atingiram 2,49 milhões de sacas, queda de 3% na comparação anual, enquanto as exportações de robusta atingiram cerca de 472 mil sacas, alta de 2,3%.

Ao todo, considerando o produto verde, solúvel e torrado & moído, os embarques atingiram cerca de 3,3 milhões de sacas, gerando receita cambial 386,6 milhões de dólares (-7,9%).

Contudo, a receita equivalente na moeda brasileira somou a 2,1 bilhões de reais, aumento de 25,2% em relação a agosto de 2019.

“O resultado de agosto demonstra a entrada da nova safra de café arábica no mercado e a continuidade positiva nos embarques de conilon (robusta), que garantiram ao Brasil uma boa performance nesse início de ano cafeeiro”, disse o presidente do Cecafé, Nelson Carvalhaes, em nota.

Segundo ele, a colheita de 2020 está praticamente encerrada, “apresentando bons resultados tanto na quantidade quanto na qualidade”.

“Tudo indica que as exportações do café brasileiro terão bons resultados no segundo semestre e sempre trabalhando com foco nos três ‘S’, saúde, segurança e sustentabilidade”, completou.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up