for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ações da Tesla devem subir pelo 3° dia consecutivo após queda de 21%

29/03/2020 REUTERS/Eduardo Munoz

(Reuters) - A recuperação das ações da Tesla deve se estender para a terceira sessão consecutiva nesta sexta-feira, após registrar uma queda recorde de 21% no início desta semana, que varreu 80 bilhões de dólares em valor de mercado da montadora de carros elétricos.

A valorização de 500% da montadora este ano veio graças aos seus resultados melhores e à uma enxurrada de dinheiro entrando em ações ligadas à tecnologia, mas analistas de Wall Street estão ainda menos convencidos sobre as perspectivas de longo prazo da empresa.

O preço-alvo médio da ação é de 300 dólares - bem abaixo de sua máxima de 502,49 dólares em 1º de setembro, de acordo com dados da Refinitiv. Dos 33 analistas que cobrem a ação, 15 classificam a ação como “manter” e 10 “vender” ou pior.

Enquanto os investidores aguardam o “Dia da Bateria” em 22 de setembro, que deve revelar novidades da Tesla, a empresa ainda enfrenta um longo caminho de desenvolvimento que exige enormes investimentos se quiser desafiar de forma duradoura as maiores montadoras mundiais.

“Nós (e o mercado) esperamos que os anúncios sejam significativos, consolidando os custos e a liderança em tecnologia da Tesla por mais vários anos”, escreveu o analista de automóveis do UBS Patrick Hummel em nota, listando uma série de anúncios que esperava para o evento e dobrando seu preço alvo para 325 dólares.

As ações da Tesla fecharam a 371,34 dólares na quinta-feira.

Por Sagarika Jaisinghani em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up