for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Mnuchin diz que continuará a trabalhar em acordo de ajuda por coronavírus nos EUA

Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin. Graeme Jennings/Pool via REUTERS

WASHINGTON (Reuters) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, afirmou nesta segunda-feira que ainda pode haver um acordo com o Congresso para mais ajuda federal devido ao coronavírus, um dia depois de a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, demonstrar otimismo apesar da falha do Senado em aprovar um plano de ajuda na semana passada.

“Continuarei a trabalhar nisso. Falei à presidente que estou disponível a qualquer momento para negociar, sem condições”, disse ele à CNBC em entrevista.

Os esforços para fornecer ajuda financeira adicional em meio à pandemia de coronavírus estagnaram mesmo com o aumento de número de casos nos EUA, superando agora 6,5 milhões. Mais de 194 mil pessoas nos EUA morreram de Covid-19.

Questionado sobre decretos que Trump poderia assinar se o Congresso não chegar a um acordo, Mnuchin destacou: “Existem limites. É por isso que é tão importante que tenhamos estímulo que ajude áreas da economia que precisam de suporte.”

Ele acrescentou que aguarda uma proposta bipartidária dos parlamentares ainda nesta segunda-feira.

Reportagem de Susan Heavey, Lisa Lambert e David Lawder

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up