for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Indicador de sentimento alemão ZEW sobe apesar de COVID-19 e Brexit 

Funcionários são separados por divisórias de plástico de forma a evitar disseminação do coronavírus em fábrica da Audi em Ingolstadt, na Alemanha 03/06/2020 REUTERS/Andreas Gebert

BERLIM (Reuters) - O sentimento dos investidores na Alemanha melhorou inesperadamente em setembro, disse o instituto de pesquisa econômica ZEW nesta terça-feira, sinalizando confiança na recuperação da crise do coronavírus apesar das negociações empacadas do Brexit e de novas infecções.

A pesquisa sobre o sentimento econômico dos investidores subiu para 77,4 de 71,5 pontos no mês anterior, frustrando a estimativa de pesquisa Reuters de queda para 69,8.

“O Indicador ZEW subiu novamente, sinalizando que os especialistas continuam esperando uma recuperação notável da economia alemã”, disse o presidente do ZEW, Achim Wambach.

Um indicador separado das condições atuais subiu para -66,2 versus -81,3 pontos no mês anterior. Isso em comparação com uma previsão de -72,0 pontos.

A economia alemã está se recuperando desde maio, quando as quarentenas para desacelerar a disseminação do coronavírus foram suspensas. Mas a atividade continua abaixo dos níveis pré-crise e os economistas esperam uma recuperação lenta.

Um programa de resgate econômico aprovado pelos conservadores da chanceler Angela Merkel e seus parceiros de coalizão Social-Democrata (SPD) está dando apoio à recuperação.

Por Joseph Nasr

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up