for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

S&P 500 encerra em leva queda apesar de orientação de juros baixos do Fed

Bolsa de Nova York, EUA 09/09/2020 REUTERS/Carlo Allegri

(Reuters) - O S&P 500 encerrou uma sessão volátil ligeiramente em queda nesta quarta-feira, com as perdas em papéis tecnológicos pesando sobre o índice, mesmo depois que o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) emitiu comunicado que consolidou expectativas de que as taxas de juros ficarão próximas de zero por um período prolongado.

O índice inicialmente ampliou os ganhos e o Dow Jones avançou brevemente mais de 1% no pregão da tarde depois que o Fed, em seu comunicado de política monetária, manteve os juros próximos de zero e prometeu mantê-los próximo desse nível até que a inflação esteja a caminho para “exceder moderadamente” a meta de inflação do banco central, de 2%, “por algum tempo”.

Novas projeções econômicas divulgadas com o comunicado da última decisão de política monetária do Fed mostram que a maioria das autoridades enxergam as taxas de juros mantidas inalteradas até pelo menos 2023.

Mas o mercado perdeu terreno antes do fechamento, liderado por perdas nos papéis tecnológicos.

“O Fed apoiará muito a economia, e Powell deseja que o Congresso seja mais estimulativo”, disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos do Conselho de Inverness em Nova York. “É uma preocupação que o Congresso não esteja apoiando.”

A reunião de dois dias do banco central é a primeira sob uma estrutura recém-adotada que promete levar a inflação para acima de 2% para compensar os períodos em que a carestia ficar abaixo dessa meta.

O Dow Jones avançou 0,13%, aos 28.032,38 pontos, o S&P 500 perdeu 0,46%, aos 3.385,49 pontos. O Nasdaq registrou queda de 1,25%, aos 11.050,46 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up