for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Vale suspende operações de Viga após decisão judicial, vê impacto em produção

Logo da Vale 07/08/2017 REUTERS/Ricardo Moraes

SÃO PAULO (Reuters) - A mineradora Vale informou que suspendeu a disposição de rejeitos e a realização de obras em sua barragem B7 e consequentemente as operações da usina de concentração de Viga, em Congonhas (MG), para cumprir uma decisão judicial.

“O impacto estimado da paralisação temporária das operações de Viga é de aproximadamente 11 mil toneladas de finos de minério de ferro por dia”, afirmou a companhia, que acrescentou que “contestará a decisão judicial”.

A suspensão das atividades ocorreu na noite de 24 de setembro, após decisão de juiz em ação civil pública ajuizada pelo município de Jeceaba, disse a Vale.

A empresa defendeu que “a unidade operacional de Viga preenche os requisitos necessários para a expedição do alvará de funcionamento da barragem B7”.

Por Luciano Costa

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up