for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

PORTFÓLIO-Quadro fiscal e eleições dos EUA devem ditar volatilidade a mercados em outubro

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa brasileira deve continuar operando com volatilidade em outubro, com o cenário fiscal seguindo como principal ponto de atenção no ambiente interno, enquanto as eleições norte-americanas e a recuperação econômica da pandemia de Covid-19 também seguem no radar.

03/04/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

O Ibovespa encerrou setembro em queda de 4,8%, marcando o pior desempenho mensal do índice desde março, com a controversa maneira proposta pelo governo de Jair Bolsonaro de financiar o programa Renda Cidadã pressionando os mercados no final do mês.

As incertezas relacionadas às contas públicas devem seguir impactando a bolsa em outubro. Para analistas do BTG Pactual, os mercados estão preocupados que o governo possa furar o teto de gastos e criar novos impostos para financiar novos programas de transferência de renda.

“Parece claro que as demandas por maiores gastos públicos não vão diminuir, especialmente porque o auxílio emergencial deve terminar em dezembro, enquanto a fonte de financiamento para essas potenciais novas despesas ainda não são claras”, afirmaram em nota a clientes.

Ainda no âmbito interno, “ainda persiste a incerteza em relação a um acordo entre o governo e o Congresso sobre novas propostas de reformas”, afirmaram analistas do BB Investimentos.

“Esta deverá permanecer sendo a tônica interna, com o mercado tentando precificar o tamanho do necessário do ajuste fiscal, após a política expansionista utilizada pelo governo para combater os efeitos econômicos nefastos provocados pela pandemia de coronavírus.”

Enquanto isso, o mercado acompanha atentamente o processo eleitoral dos Estados Unidos entre o presidente Donald Trump e o candidato democrata Joe Biden.

Analistas da Genial Investimentos afirmaram que o mercado têm precificado “uma determinada chance de uma vitória de Trump, enquanto as pesquisas mostram uma chance muito menor”, pois apostam em uma recuperação do republicano após os debates, além de um possível erro nas pesquisas.

No entanto, independente do resultado, “o que vale mesmo seria a conclusão desse processo, pois já se especula no mercado que no caso de uma vitória de Biden, a transferência de poder não seria harmoniosa”.

Veja cinco carteiras recomendadas para outubro compiladas pela Reuters:

BB INVESTIMENTOS

Bradesco PN

Cyrela ON

Randon PN

Santander UNT

Unidas

Marfrig

Yduqs

Taesa

Vale

Via Varejo

BTG PACTUAL

Vale

Petrobras PN

B3

Magazine Luiza ON

Gerdau

TIM

CCR

Duratex

Oi

Cyrela

GENIAL INVESTIMENTOS

Aliansce Sonae

Banco BMG

Bradespar

Hapvida

Totvs

Dimed (Panvel)

Sinqia

Vulcabras

Locaweb

Log Commercial

TERRA INVESTIMENTOS

B3

Bradesco PN

Eztec

Gerdau PN

JBS

Petrobras PN

Rumo

Telefônica PN

Vale

Via Varejo

XP INVESTIMENTOS

B3

Banco do Brasil

Gerdau PN

Omega ON

Locaweb

Lojas Americanas PN

Mafrig ON

Vale

Vivara

Via Varejo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up