for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ministro argentino diz que missão do FMI chega ao país na próxima semana

Ministro Guzmán, em entrevista à Reuters 11/3/2020 REUTERS/Agustin Marcarian

BUENOS AIRES (Reuters) - O ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán, disse nesta quinta-feira que uma missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) chegará ao país na próxima semana, enquanto o governo busca negociar um novo programa com a organização.

“Há um diálogo constante e construtivo. Esta semana temos trabalhado de forma virtual com uma missão. Na terça-feira uma missão estará chegando”, disse Guzmán em entrevista ao jornal local Ámbito Financiero.

A Argentina precisa de um novo acordo com o FMI para substituir um fracassado programa de 57 bilhões de dólares acertado em 2018, que não foi capaz de evitar uma crise econômica durante a qual o país entrou em default mais cedo neste ano, mas também concluiu uma grande reestruturação da dívida.

Diante das medidas econômicas que devem ser anunciadas na noite desta quinta-feira e focadas no setor agrícola, Guzmán disse que o “ajuste fino” da política econômica é necessário para impulsionar o crescimento, incluindo a harmonização das taxas de juros.

A Reuters relatou anteriormente, citando uma fonte, que o governo da Argentina provavelmente reduziria os impostos de exportação sobre a soja e seus subprodutos, o principal item de exportação do país sul-americano.

Eliana Raszewski

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up