for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Fed diz que Powell tem trabalhado de casa, obedecendo a protocolos sobre uso de máscara e distanciamento social

O chair do Federal Reserve, Jerome Powell, durante uma audiência do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara, no Capitólio em Washington, EUA, em 22 de setembro de 2020. REUTERS/Joshua Roberts

WASHINGTON (Reuters) - O chair do Federal Reserve, Jerome Powell, tem trabalhado de casa e seguido protocolos de uso de máscara e distanciamento social ao sair em público e não achou necessário fazer teste de coronavírus, disse o Fed nesta sexta-feira em resposta a perguntas depois da notícia de que o presidente norte-americano, Donald Trump, contraiu a Covid-19.

Um porta-voz do Fed disse também que Powell não havia entrado em contato com ninguém que tivesse testado positivo para o vírus.

As autoridades do banco central dos EUA têm trabalhado remotamente desde o início da pandemia de coronavírus, mas Powell tem viajado ocasionalmente para o Capitólio --mais recentemente na semana passada, para audiências sobre a política monetária do Fed e sua resposta à crise de saúde.

Ele normalmente usa máscaras durante essas aparições, e as autoridades do Fed em geral pedem para que as pessoas façam o mesmo como forma de conter a propagação da doença e permitir que a atividade econômica seja retomada com segurança.

A notícia de que Trump, a primeira-dama Melania Trump e outros haviam sido infectados pelo coronavírus desencadeou uma onda de anúncios por outras autoridades norte-americanas sobre seu estado de saúde.

Powell se encontrou raramente com Trump durante seu tempo como chair do Fed, embora tenha mantido conversas frequentes durante a crise com o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin. Um porta-voz do Tesouro disse nesta sexta-feira que Mnuchin havia testado negativo.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up